SMAM 2018

mamar praia

O bico era assoprando a Isa, porque estava muitoo calor

Hello people’s

Essa semana acontece a Semana Mundial do Aleitamento Materno que vai de 01/08/2018 a 08/08/2018. Esse ano a campanha vem com o intuito de mostrar que aleitamento materno é o melhor alimento para o bebê em qualquer circunstancia.

A amamentação previne a fome e a desnutrição em todas as suas formas e garante a segurança alimentar dos lactentes, mesmo em tempos de crise. Sem um ônus adicional sobre o rendimento familiar, a amamentação é uma maneira barata de alimentar crianças e contribui para a redução da pobreza.

Em São Paulo terão várias atividades, e vários lugares para debater, auxiliar, informar sobre o aleitamento e também doar leite materno, aqui tem uma programação do que vai acontecer essa semana.

No dia 08/08 teremos também o #MãesnaLivraria! na Livraria da Vila(Rua Fradique Coutinho, 915), a presença do famoso pediatra Dr. Cacá, Carlos Eduardo Correa, e da fonoaudióloga Andreia Santos, com mediação da Ana Basaglia, toda essa turma é super apoiadora e incentivadora da amamentação, e será uma tarde deliciosa, com roda de bebês(nos tapeticos da Baby Izi), café e bate papo materno após o encontro. É gratuito, das 15hs as 17hs.

Sou super a favor do aleitamento materno, mas não recrimino as mães que não conseguiram, acho que todo mundo tem seu limite. Só não se deixe enganar com,”seu leite é fraco”, “você não tem leite”, “dá fórmula pro bebê dormir a noite toda”. Tudo isso é balela, e vem do mesmo lugar que diz que circular de cordão tem que fazer cesárea, e que você não tem quadril para parir.

Eu já contei como foi e como é a amamentação pra mim nesse post . Isabella já está com 10 meses e continuamos amamentando livre demanda, como e quando ela quiser, o que foi um desafio na viagem para NY, pois lá nos EUA não é costume a mulher amamentar descoberta igual aqui no Brasil. Apesar de discordar, de achar isso um absurdo(afinal ninguém se cobre para comer uma barrinha de cereal no meio da rua não é mesmo?), eu tentei respeitar, tentava cobrir a Isabella quando dava(ela odeia mamar com pano na cara, quem gosta de comer com pano no rosto né), mas nem sempre era possível, e eu não me abalava não, não deixava minha filha com fome, e graças a Deus não sofri nenhuma represália.

amamentando metro

Eu disse que ela mamava onde queria. Ps: olha ela empurrando o paninho

O único lugar que eu me “escondi” para amamentar foi no memorial do 11 de setembro, fui amamentar no banheiro, mas foi porque não tinha lugar para sentar mesmo, achei meio falta de educação sentar no chão no meio do museu haha, então fui pro banheiro. Postei uma foto esses dias lá no meu insta @maternizi , mas logo depois amamentei com um lindo pôr do sol, que compensou amamentar no banheiro.

Porém aqui no Brasil, eu amamento onde e quando ela quiser, nunca ninguém veio me falar nada, mas ai de quem vir falar, vai levar uma atravessada haha. Claro que as vezes eu percebo uns olhares, mas finjo que não é comigo, e até mando um sorrisinho de volta haha.

Como eu sempre digo aqui, informação é tudo, então se você está com dúvidas sobre amamentar, está sentindo que não vai conseguir, ou que não é capaz, procure ajude, procure saber o que é normal e o que não é, e acima de tudo saiba seu limite. O que eu posso dizer como experiencia própria é que amamentar é uma das melhores coisas da maternidade, é uma troca única, é algo que só eu posso dar pra minha filha, um momento só meu e dela, mas também é cansativo acordar 1 milhão de vezes pra amamentar, no começo dói, exige muito, mas é muito recompensador e gratificante.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s