Introdução Alimentar

Demorei um tempo para escrever sobre esse assunto porque acho ele beem polêmico. Cada um tem uma opinião, uma receita que deu certo, um jeito “certo” de fazer, enfim..tem muito pano pra manga nesse quesito. Vou contar como foi aqui em casa, e como está sendo a minha experiência, o que não quer dizer que precisa ser assim na sua casa e na sua família, ok!?

A Isabella estava há 1 dia de fazer 5 meses e fomos ao pediatra, que nos disse que caso quissésemos poderíamos iniciar a IA com calma, sem stress, 1 fruta 1x ao dia, na quantidade que ela aceitasse, afinal era apenas para ela ir se acostumando com essa nova realidade. Confesso que fiquei meio na dúvida de começar assim “tão cedo”, afinal é recomendado só amamentação exclusiva até os 6 meses, e eu sempre disse que seria assim aqui(paaaga língua), porém eu também estava bem ansiosa pra esse momento, e a Isa já olhava muito para tudo que a gente comia, já tentava pegar as coisas, enfim, resolvemos que iríamos começar.

E começamos com uma banana, mas como pais de 1a viagem, óbvio que iríamos fazer algo errado hahaha, e o nosso erro foi querer dar a banana a noite, resultado, Isabella não dormiu nada e vomitou várias vezes o raio da banana, óbvio que eu me senti culpada, fiquei desesperada, maas no final tudo da certo, me acalmei e entendi que não deveria ter começado a noite e nem com a banana.

Continuamos testando as frutas, o médico tinha dito que poderíamos dar maça, banana prata, mamão papaya e pêra, continuamos testando, percebi que a maçã prendia o intestino, que o mamão ela adorava, a pêra não fazia diferença pra ela e a banana não curtia muito. Mas eu queria mais, queria saber quais frutas mais podia e quais não podia, se tinha que dar água, qual a quantidade certa, quanto insistir, quando começaria a papinha salgada, enfim, várias dúvidas. Então resolvi marcar uma nutricionista materno infantil pra me ajudar nessas questões.

Marquei a nutri,e foi o dinheiro mais mal gasto da minha vida, não porque uma nutri não seja necessário, muito pelo contrário acho essencial, mas a que eu fui era muito ruim. Primeiro que ela veio querer me dar lição de moral porque eu tinha começado a IA com 5 meses(Ok você não concordar, mas já começou, vamos falar a partir de agora), até porque quando eu fui nela a Isa já estava com 5 meses e 3 semanas, quase 6 meses. Depois porque ela não me ajudou em nenhuma das minhas dúvidas e tudo dizia que ia passar uma planilha por email do que eu poderia ou não dar e quando introduzir as papinhas salgadas. Bom ela me passou essa tal tabela, que eu juro tentei seguir, mas acabei desistindo.

O que os especialistas dizem quanto a introdução das papinhas? Que deve-se separar todos os ingredientes que for dar para o bebê e não fazer a papa toda junta. Tentei por uns 3 dias fazer desse jeito, mas pra mim não era nada viável, porque eu teria que cozinhar e fazer tudo separado todo dia, e a minha idéia era deixar tudo congelado e só esquentar no dia que fosse dar, eu trabalho fora, tenho mil coisas pra resolver, não tenho ajudante em casa todo dia e muito menos babá, enfim, precisava de praticidade, foi aí que decidi que agora no começo a Isabella iria comer a papinha toda junta e mais pra frente eu iria separando. O único cuidado que eu tenho é que nessa comidinha dela tenha sempre uma verdura, um legumes, uma proteína e um carboidrato, por exemplo: couve flor, escarola, mandioquinha e carne. Eu cozinho todos os legumes no vapor, as verduras e as proteínas eu refogo com cebola e alho, e depois junto tudo tempero apenas com ervas e amasso, as vezes eu bato no baby cooking porque a carne não dá pra amassar né, não deixo tipo sopa, fica com uma consistência mais grossinha.

E a quantidade quem decide quanto quer é ela, quando ela não quer mais, ela vira o rosto, fecha a boquinha, e dá pra saber que pra ela chega e eu respeito. Tem dias que ela come mais, tem dias que quase não come. E como a idéia é que ela descubra novos sabores, se adapte a essa nova experiência, eu não fico insistindo, por enquanto não é isso que alimenta ela, o alimento dela ainda é o leite, mesmo agora já com 6 meses e 10 dias.

Eu fiquei praticamente 1 mês só nas frutas 1x ao dia, depois introduzi frutas 2x ao dia(de manhã e a tarde), e só depois inclui a papinha salgada no almoço. Ainda não começamos com o jantar, mas começarei em breve, sem pressa.

As papinhas salgadas eu dou uns 2/3 dias a mesma papinha para ela se adaptar ao sabor, já as frutas dou bem variado, só frutas que preciso dividir e corre risco de estragar que as vezes dou a mesma de manhã e a tarde, tipo o mamão, dou metade de manhã, metade a tarde, o mesmo faço com a pêra quando eu não como a outra metade haha. Frutas dou todas, só não dou abacaxi, porque acho muito ácido e pode dar aftas e nem morango por conter muito agrotóxico.

E por aí? Como foi a IA com seu bebê? E você que ainda vai começar e tiver alguma dúvida, pode mandar que eu tento responder o que eu souber.

10846B97-273D-40A9-9A7D-9CD3EA659FBF

Comendo mamão que ela adora!!

1DBA3F0B-CF89-4FE2-8AC2-5AAE491DC87D

A primeira papinha salgada, não fez tanto sucesso haha

 

Um comentário sobre “Introdução Alimentar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s